Cultivo urbano é atração em restaurante em NY

Nos Estados Unidos, em Nova York, proprietários de um restaurante em busca de práticas ambientalmente sustentáveis decidiram cultivar os próprios alimentos que são utilizados no lugar. Em parceria com o Centro de Ciências e Tecnologia Alexandria, em Manhattan, o restaurante Riverpark instalou, no complexo de prédios, o que hoje é o maior cultivo urbano da cidade.

A plantação, com cerca de 1,4 mil metros quadrados, fica ao lado do estabelecimento e fornece produtos frescos todos os dias para os clientes da casa. Cerca de 6 mil plantas são cultivadas no espaço e a ideia é oferecer, no cardápio do restaurante, produtos sazonais, de acordo com a oferta de alimentos disponíveis na “lavoura” urbana. Entre as culturas estão alface, rúcula, couve, chicória, manjericão, cebolinha, coentro, tomilho, rabanete, beterraba, vagem, berinjela, cenouras, pimentas, tomates e frutas.

O projeto foi desenvolvido para ser sustentável tantoecologicamente quanto econômica e socialmente, além de ser móvel, podendo ser transportado com facilidade para qualquer outro espaço já que ficam em caixas plásticas. Os cozinheiros do restaurante visitam todos os dias a plantação para conversar com os funcionários do lugar e definir quais as melhores formas de cultivo e saber o que eles vão ter para trabalhar nos pratos que serão servidos no restaurante. Olixo orgânico produzido pelo restaurante e que seria desperdiçado é utilizado em compostagem que vira um fertilizante natural para as plantas.

O terreno ocupado pela plantação é provisório. O Centro Alexandria pretende construir um espaço próprio para a fazenda, mas, devido à instabilidade econômica dos últimos anos, a construção está parada.

Os organizadores do projeto dizem que espaços como este são interessantes em terrenos baldios, além de estimular o interesse local, engajar a comunidade e fazer bem para o meio ambiente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *